Os Peritos N-Z

A - M | N - Z

Ana Navas-Acien, PhD, MD, MPH
Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health
Ana Navas-Acien faz parte do corpo docente da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health, trabalhando no departamento de Ciências de Saúde Ambiental. A Dra. Navas-Acien tem um interesse especial pela exposição prolongada e disseminada às toxinas ambientais. Sua pesquisa na área de controle do tabaco é voltada ao fumo passivo. Ela visa incrementar a política e reduzir a exposição involuntária a essas toxinas ambientais. É autora de inúmeras obras no campo da exposição ao fumo passivo em locais públicos, e atualmente trabalha em um projeto de pesquisa que se aprofunda na exposição que ocorre em bares e clubes noturnos.

Fumo Passivo em Locais Públicos

Marty Otañez
University of Colorado, Denver
Marty Otañez é professor assistente de Ecologia Política no Departamento de Antropologia da University of Colorado, Denver. Antes desse cargo foi pesquisador em nível de pós-graduação da American Cancer Society no Center for Tobacco Control Research and Education da University of California, São Francisco. Sua tese sobre antropologia cultural (UC Irvine, 2004) analisou as conexões entre os trabalhadores em fazendas de tabaco e as práticas comerciais nocivas das empresas de tabaco norte-americanas em Malawai. Publicou vários artigos e capítulos de livros sobre Malawi e as empresas multinacionais do tabaco, incluindo “Global Leaf Companies Control the Tobacco Market in Malawi,” no periódico Tobacco Control em 2007 (coautoria com Stanton Glantz e Hadii Mamudu). Produziu o documentário Thangata (2002) sobre o trabalho infantil e a monocultura do tabaco em Malawi e o Up in Smoke (2003) sobre o controle exercido pelas empresas de tabaco nesse setor em Malawi, concluindo que a riqueza prometida proveniente da cultura do tabaco em prol das empresas de tabaco é uma ilusão.  Ele criou o blog www.sidewalkradio.net.

Agricultura do Tabaco

Dr. Vinayak M. Prasad
Tobacco Free Initiative (WHO)
Dr. Vinayak M. Prasad trabalhou na Índia como diretor (Saúde Pública) dedicando-se ao controle do tabaco para o Ministério de Saúde e Bem-Estar da Família. Trabalhou também no Ministério das Finanças, no Departamento de Receita Federal, onde se tornou um profundo conhecedor do comércio, tributação e contrabando do tabaco. Em 2006, foi convidado para assessorar a OMS no desenvolvimento de um protocolo modelo sobre o comércio ilícito de produtos de tabaco. Foi também consultor da Secretaria da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da OMS no tocante às negociações intergovernamentais. Em 2009, o Dr. Prasad se juntou à Iniciativa Livre de Tabaco da OMS como orientador sênior, onde orienta um projeto financiado pela Gates Foundation para aumentar a capacidade do controle do tabaco na África. Estabeleceu parcerias e estratégias para o controle do tabaco relacionadas à tuberculose e saúde de mães/crianças. Fez mestrado em Administração de Empresas com especialização no serviço público pela University of Birmingham, e é bacharel em Medicina pela Maulana Azad Medical College, University of Delhi, Índia.

Comércio Ilícito de Produtos de Tabaco: Estudo de Caso

John Rafferty
The City of Edinburgh Council, United Kingdom
John Rafferty é atualmente funcionário da Câmara Municipal da Cidade de Edimburgo, encarregado da aplicação da lei de saúde relacionada ao tabagismo. O Sr. Rafferty é responsável por aplicar a legislação de ambientes sem fumo, que foi promulgada pelo Executivo escocês em 2005, na cidade de Edimburgo. Participa da linha de frente na aplicação da lei há mais de 30 anos, com contato direto com empresas e o público. Quando a lei Smoking, Health and Social Care (Escócia) de 2005 entrou em vigor em março de 2006, o Sr. Rafferty teve importante papel no desenvolvimento da política de aplicação da lei em Edimburgo. Para tanto, foi coautor e fez apresentações para a maioria das empresas afetadas pela proibição do fumo. Quando outras partes do Reino Unido criaram leis semelhantes seguindo o exemplo da Escócia, a política de aplicação da lei de Edimburgo foi amplamente reconhecida como um bom modelo a ser adotado por outras autoridades. E realmente, o Sr. Rafferty tem compartilhado sua experiência com mais de 50 autoridades locais - incluindo 12 municípios de Londres, Belfast e Sheffield. Desde a introdução da proibição do fumo, os níveis de conformidade em Edimburgo permanecem extremamente altos - 99%, o que supera a média escocesa de 97,6%.

Fumo, Saúde e Serviço Social na Escócia

K. Srinath Reddy, MD
Public Health Foundation of India
Dr. Reddy é presidente da Public Health Foundation of India e até há pouco tempo dirigiu o Departamento de Cardiologia do All India Institute of Medical Sciences. Atua em vários painéis de especialistas da OMS, e durante 10 anos foi revisor do National Medical Journal da Índia. O Dr. Reddy ganhou vários prêmios de prestígio, como o Director-General’s Award for Global Leadership in Tobacco Control da OMS em 2003.

Implementação da CQCT nos Países em Desenvolvimento

Bungon Ritthiphakdee
Southeast Asian Tobacco Control Alliance (SEATCA)
Action on Smoking and Health (ASH) Thailand

A Sra. Ritthiphakdee é diretora da Southeast Asian Tobacco Control Alliance (SEATCA), a primeira e única rede regional de controle do tabaco que engloba os países pertencentes ao ASEAN. Construiu sua reputação local, nacional e internacional graças à sua capacidade de estabelecer relacionamentos com as pessoas e reunir grupos de pessoas aparentemente incompatíveis em prol de tornar o controle do tabaco uma presença marcante nas agendas da Tailândia e de outros países do Sudeste da Ásia. De 1987 a 2000, foi diretora da Action on Smoking and Health (ASH) na Tailândia. Em 1987, ajudou a fazer com que o controle do tabaco fizesse parte da agenda da Tailândia, tendo coordenado uma campanha de assinaturas em todo país que culminou com várias alterações da política. No início da década de 90, havia mobilizado a sociedade civil que ajuda a garantir as leis parlamentares de controle do tabaco. Foi uma das ganhadoras do prêmio Luther L. Terry em 2006 pela sua exemplar liderança individual no controle do tabaco.

Tributação e Promoção da Saúde

Hana Ross, PhD
American Cancer Society and ITEN
Dra. Hana Ross fez bacharelado e mestrado em Administração pela Prague School of Economics. Doutorou-se em Economia da Saúde pela University of Illinois at Chicago em 2000. A Dra. Ross é diretora de Estratégia do International Tobacco Control Research Program na American Cancer Society. Foi vice-diretora da International Tobacco Evidence Network e especialista de pesquisas sênior em Pesquisa de Saúde e Centros de Política da Escola de Saúde Pública da University of Illinois, Chicago. Trabalhou também como consultora do Banco Mundial, quando elaborou uma análise econômica para a Global Youth Tabacco Survey. Suas áreas de interesse são os comportamentos relacionados ao abuso de substâncias, com maior atenção para o fumo e o controle internacional do tabaco. Publicou muitos trabalhos na área de controle global do tabaco e comportamento do fumante jovem.

Os Custos do Tabagismo

Gary Saffitz
Consultant for Global Health and Marketing
Gary Saffitz é atualmente consultor com ênfase específica no marketing voltado à mudança mundial e saúde pública. Foi vice-diretor do Center for Communication Programs (CCP) e professor sênior da Bloomberg School of Public Health. Nessa qualidade, realizou a supervisão técnica dos programas CCP na África, Ásia, Oriente Próximo, América Latina e na Europa Oriental/Eurásia, e liderou o programa de controle do tabaco deste Centro. Durante seus 22 anos de associação com o CCP, exerceu importante função no desenvolvimento de estratégias nacionais e na implementação de uma ampla variedade de programas inovadores para mudança do comportamento, junto a governos, ONGs e o setor privado de mais de 20 países. Antes de se unir ao CCP, foi diretor do Grupo de Comunicações e Programas Internacionais da Prospect Associates, presidente da Saffitz, Alpert & Associates, e vice-presidente/chefe do Grupo de Contabilidade da Porter Novelli, onde em 1979 começou seu trabalho nos Estados Unidos com programas de controle do tabaco com as instituições National Institutes of Health, National Cancer Institute, National Heart, Lung, & Blood Institute e os Centers for Disease Control.

Introdução à Comunicação Estratégica | Introdução ao Processo de Planejamento da Comunicação Estratégica

Jonathan Samet, MD, MS
Keck School of Medicine at USC
Dr. Samet, pneumonologista e epidemiologista, é atualmente professor e presidente da Flora L. Thornton do Departamento de Medicina Preventiva da Keck School of Medicine at USC e diretor do USC Institute for Global Health. Foi presidente do Departamento de Epidemiologia da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health e diretor do Institute for Global Tobacco Control. Sua pesquisa estudou os efeitos dos poluentes inalados no ambiente geral e no local de trabalho. O Dr. Samet fez especialização na área de medicina interna e subespecialização em doenças pulmonares. De 1978 a 1994, foi membro do Departamento de Medicina da Escola de Medicina da University of New Mexico, onde lecionou e foi chefe da divisão de Cuidado Pulmonar e Crítico. Escreveu inúmeros artigos sobre os efeitos na saúde do fumo ativo e passivo, e foi editor consultor e editor científico sênior dos Relatórios do Surgeon General on Smoking and Health. Recebeu o prêmio Prince Mahidol de 2004 na área de saúde pública e as medalhas do Surgeon General em 1999 e 2006.

A Epidemia do Tabaco  |  Efeitos do Fumo Ativo sobre a Saúde  |  Efeitos do Fumo Passivo sobre a Saúde

Frances Stillman, EdD
Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health
Dr. Frances Stillman fez mestrado em Educação pela Temple University em 1970 e pós-graduação em Educação pela Johns Hopkins University em 1986. Trabalha atualmente como professora e pesquisadora no Departamento de Epidemiologia da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health e codiretora do Institute for Global Tobacco Control. Interessa-se principalmente pela criação, implementação e avaliação das políticas de controle do tabaco. A Dra. Stillman foi instrumental para o estabelecimento das políticas de ambientes sem fumo nas Johns Hopkins Institutions e criou e implementou vários outros programas para promover a cessação do consumo de produtos de tabaco. A Dra. Stillman participa de muitos projetos para o avanço do controle do tabaco e redução da prevalência do consumo de tabaco no mundo todo. Seu trabalho sobre a política de controle do tabaco e avaliação de programas tem sido amplamente publicado.

Introdução aos Programas de Avaliação  |  Avaliação dos Programas de Controle do Tabaco: ASSIST

Stephen Tamplin, MS
Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health
O Sr. Tamplin é cientista do Departamento de Saúde, Comportamento e Sociedade da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health.  Está trabalhando no Institute for Global Tobacco Control da escola, concentrando-se atualmente nos projetos de controle do tabaco na China, Índia e no Vietnã. Sua carreira foi direcionada pelo trabalho na Organização Mundial de Saúde (18 anos na Região Oeste do Pacífico, onde foi orientador técnico de Controle da Poluição do Ar na República da Coreia, de 1984 a 1987; orientador regional de Saúde Ambiental de 1988 a 2002; e o Regional Focal Point for Tobacco Control de 1998 a 2002), na Illinois Environmental Protection Agency (12 anos de trabalho com controle da poluição do ar) e na West Virginia Air Pollution Control Commission (4 anos).  Possui vasta experiência em saúde pública e meio ambiente nos Estados Unidos, na Ásia e no Pacífico, abrangendo várias disciplinas como controle do tabaco, controle da poluição do ar e da água, segurança química, gestão de lixo perigoso e promoção da saúde.

O Fumo e a Pobreza

Gemma Vestal, JD, MPH, MBA, BSN
Tobacco Free Initiative, World Health Organization
Gemma Vestal, diretora Jurídica e cientista da Iniciativa Livre de Tabaco (TFI) na Organização Mundial de Saúde (OMS), recebeu o diploma de Bacharel em Direito pela Escola de Direito da University of  Maryland. A Sra. Vestal fez mestrado em Saúde Pública na Johns Hopkins University Bloomberg School of Public Health, mestrado em Administração de Empresas na University of Baltimore e bacharelado em Enfermagem na Sonoma State University. Dentre as demais funções que exerce, seu trabalho na TFI é voltado à liderança da política global na área de regulamentação do produto de tabaco. Para tanto, incentiva a mobilização em todos os níveis em prol da implementação das disposições de regulamentação de controle do tabaco previstas na Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da OMS. É também quem presta o suporte técnico rotineiro para contato entre a TFI e a Secretaria da Convenção da CQCT da OMS.

CQCT da OMS: Texto, Compromissos e Cronogramas

Hugh Waters, PhD
RTI International
Dr. Hugh Waters concluiu o mestrado pela Georgetown University em 1987 e doutorado pela Johns Hopkins University em 1999. Foi professor do Departamento de Saúde Internacional da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health e codiretor dos MPH Concentration in Comparative Health Systems. É atualmente vice-diretor do Programa de Qualidade e Resultados do Atendimento de Saúde da RTI International. Sua pesquisa é voltada ao financiamento, cobertura e acesso ao atendimento de saúde. O trabalho atual do Dr. Waters visa a expansão do acesso ao atendimento de saúde e financiamento nos países de baixa renda, tais como o Equador e o Afeganistão, análise das opções de reforma do atendimento de saúde, e preparo de estudos de caso para extensão da cobertura do seguro em países de baixa e média renda, dentro outras proposições. Na área de controle do tabaco, o Dr. Waters é o investigador principal de um estudo para a American Cancer Society para calcular o custo do fumo passivo em Maryland.  O Dr. Waters contribuiu com inúmeros trabalhos para a área de economia da saúde.

O Controle do Tabaco e a Economia: Princípios e Visão Geral

Anna White
Share the World's Resources
Anna White é analista política da Share The World's Resources. Foi coordenadora do Essential Action’s Global Partnerships for Tobacco Control, um projeto que trata do controle global do tabaco através de parcerias com grupos localizados nos países desenvolvidos, como os Estados Unidos, com colegas em países em desenvolvimento na África, Ásia e América Latina. Conduzindo ampla pesquisa sobre as estratégias de mercado da indústria do tabaco no Senegal, com bolsa da Fulbright, a Sra. White tem fornecido informações abrangentes sobre as estratégias de publicidade da indústria do tabaco no terceiro mundo. A Sra. White promove campanhas internacionais de defesa do antitabagismo e monitora as atividades mundiais da indústria do tabaco.

Proibições à Publicidade do Tabaco

Heather Wipfli, PhD, MA
Keck School of Medicine (USC)
Heather Wipfli, PhD, é professora do Departamento de Medicina Preventiva da Keck School of Medicine da University of Southern California (USC) e diretora do USC Institute for Global Health. Trabalhou antes como pesquisadora no Departamento de Epidemiologia da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health e como diretora de projeto do Institute for Global Tobacco Control. Em geral, interessa-se por governança e implementação de políticas que visam a melhora da saúde em termos globais. A Dra. Wipfli aplica esse interesse ao controle global do tabaco, com ênfase no treinamento e melhorias de políticas nos países em desenvolvimento visando restringir a epidemia do tabaco. Como diretora técnica, trabalhou em estreita colaboração com a Iniciativa Livre de Tabaco da Organização Mundial de Saúde, participando do projeto da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco. É autora de artigos sobre o desenvolvimento de políticas para a melhoria da saúde e a CQCT. A Dra. Wipfli trabalha atualmente com vários projetos de pesquisa sobre a política de controle do tabaco.

A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco

Ayda Yurekli, PhD
Research for International Tobacco Control
Dra. Yurekli é economista sênior da Iniciativa Livre de Tabaco da Organização Mundial de Saúde e líder de programa do Research for International Tobacco Control (RITC) no International Development Research Center no Canadá. Teve papel importante na disseminação das informações sobre o impacto econômico global quanto à implementação da política de controle do tabaco, e é considerada especialista na análise da economia do tabaco. A Dra. Yurekli tem publicado inúmeras obras na área de economia do controle do tabaco.

Comércio Ilícito do Tabaco

Mitch Zeller, JD
Pinney Associates
Mitch Zeller é vice-presidente de política e comunicações estratégicas na Pinney Associates, empresa de consultoria em saúde sediada em Maryland. De 2000 a 2002, o Sr. Zeller foi vice-presidente executivo da American Legacy Foundation, uma fundação de saúde pública situada em Washington, D.C. criada pelo 1998 Master Settlement Agreement assinado com a indústria do tabaco. Foi responsável pelo marketing, comunicações e parcerias estratégicas. Em janeiro de 2002,  o Sr. Zeller criou a primeira Diretoria de Política e Relações Governamentais da fundação. De 1993 a 2000, o Sr. Zeller ocupou o cargo de comissário e diretor da Diretoria de Programas de Tabaco da Food and Drug Administration (FDA), onde estabeleceu o primeiro programa nacional para a redução do acesso ao tabaco pelos jovens. Foi representante da FDA para questões relacionadas ao tabaco nas negociações com o Congresso, e também com órgãos federais e estaduais, grupos de saúde pública e governos estrangeiros. O Sr. Zeller foi também um delegado americano no Grupo de Trabalho da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco.

Produtos de Tabaco